Arquivos do Autor

ESPÍRITO, ALMA E CORPO COMO OFERTA AO SENHOR

Postado por segunda-feira, 30 abril, 2012

“E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo;

e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.”

(I Ts. 5:23)

 

No princípio, Deus criou o homem à Sua imagem, conforme à Sua semelhança, e ele passou a ser alma vivente (Gn. 2:7). O homem possui uma estrutura tricotômica: espírito, alma e corpo. Hb. 4:12 nos afirma que alma e espírito não são a mesma coisa.

 

A Palavra nos faz meditar de como é precioso quando oferecemos a nossa vida como oferta ao Senhor. Vejamos o que a Bíblia nos fala acerca dessa tricotomia:

 

O espírito – O nosso espírito deve servir ao Senhor (Rm. 1:9), se alegrar em Deus, como fez Maria (Lc. 1:47). Nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus (I Co. 2:12). O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm. 8:16).

 

A alma – Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor (Lc. 1:46). A nossa alma é a sede da nossa personalidade. A serva de Deus estava com a mente voltada para o Senhor, expressando suas emoções. A nossa alma deve buscar Àquele que vive e reina para sempre (I Cr. 22:19). Ela também tem conhecimento daquilo que o Criador faz (Sl. 139:14).

 

O corpo – O corpo que temos é nossa morada terrestre, e Deus há de nos transformar numa morada celestial, eterna (II Co. 5:1,2). Em Rm. 12:1, o desejo do apóstolo dos gentios é que apresentemos o nosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável, que é o nosso culto racional.

 

Cada item tem sua característica, sua importância. Cada um sofre o processo de santificação, quando o crente se coloca diante da presença do Senhor e decide servi-LO em espírito e em verdade. Nesta santificação, o cristão sofre por amor, segundo a vontade de Deus, encomendando a sua alma a Cristo (I Pe .4:19).

 

Em I Ts. 5:23, o apóstolo Paulo faz um voto para que Deus nos santifique em tudo, e que espírito, alma e corpo sejam guardados irrepreensíveis até a vinda de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Estejamos, pois, firmes neste propósito, porque Aquele que chama é Fiel para cumprir o que tem dito a nosso respeito (I Ts. 5:24).

avatar

Bruno de Farias Fuly

Diretor Presidente do Jornal da Obra; Professor de Matemática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
“Firme está o meu coração, oh! Deus!”


O crente obedece a Cristo por amor

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Nós militamos numa Obra que o Senhor levantou nesse tempo do fim. Diferente porque tem compromisso com o Senhor. Ele deixou doutrinas e mandamentos para os seus servos. E há uma importância enorme de nos voltarmos para as páginas das Escrituras. Obediência é uma palavra que abrange toda a nossa vida. Aquele que foi chamado para a Obra do Senhor obedece-O por amor.

Numa das epístolas de Paulo está escrito: – Quem irá nos separar do Amor de Deus? Serão as pessoas? As coisas corruptíveis deste mundo? Os prazeres carnais? Quem nos impedirá de obedecer ao Senhor? O Senhor falou: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse verdadeiramente me ama. O que adianta ter os mandamentos do Altíssimo e não os guardar? “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” (Mt 7:21).

Muitos nestes dias amam mais ao próximo do que ao Senhor. Será que a Palavra de Deus respalda esse tipo de comportamento? O crente só vai estar agradando ao Senhor se estiver com o coração na Sua Palavra. Todo aquele que ama ao Senhor ama ao seu próximo, mas amar somente ao próximo não significa amar ao Senhor. Deus falou por intermédio de Salomão: O filho que atenta para a Palavra do Senhor prolonga os seus dias na terra. Qual o fruto que a obediência ao Senhor pode trazer a cada um de nós? Por que nós devemos obedecer ao Senhor? Porque Ele morreu na cruz por nós, nos deu o direito de servirmos a Ele, nos tirou das trevas e nos trouxe para a Sua maravilhosa Luz. “Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (At 5:29).

O verdadeiro crente obedece a Cristo voluntariamente. Ele é grato ao Senhor pelo que lhe deu gratuitamente. “Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito” (Tg 1:25). “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada” (Jo 14:23).

O apóstolo Pedro foi provado quanto ao seu amor por Cristo. E, hoje, quem testifica se amamos ao Senhor e guardamos a Sua Palavra? O Espírito Santo e a Sua Palavra.

avatar

Bruno de Farias Fuly

Diretor Presidente do Jornal da Obra; Professor de Matemática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
“Firme está o meu coração, oh! Deus!”


O Senhor quer ver o Seu povo propagando a Sua Obra

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

O mundo jaz no maligno e muitos têm buscado uma alegria passageira.

E nós, que fomos chamados para fazer parte desta Obra, temos um compromisso com o Senhor. Nós estamos incluídos nesta Obra por privilégio concedido por Deus. Antes não entendíamos, mas Deus nos fez enxergar o pleno conhecimento da Sua vontade.

O Senhor já tinha falado desta Obra nos tempos dos profetas, depois ratificou nos dias dos apóstolos. E o Senhor, como vela pela Sua Palavra para a cumprir, trouxe o cumprimento da Sua Palavra para os nossos dias. O Senhor testificou através de sinais e de profecias. Houve até aqueles que viram, mas não deram ouvidos àquilo que o Senhor dizia. E hoje, em pleno século XXI, há os que zombam dos servos de Deus, da Obra do Senhor. Estão com comichões nos ouvidos, não querem escutar as verdades bíblicas, fazendo prevalecer o seu eu. Continuam a professar as doutrinas de homens que aprenderam e pensam estar agradando a Deus, agindo em conformidade com o mundo.

Não há humildade da parte do homem para aceitar os feitos do Senhor, as Palavras desse Deus glorioso.

Mas sabemos que aquilo que é impossível para nós não o é para o Senhor. Fazer uma pessoa entender a Palavra, retroceder nas idéias, aos tempos antigos é fácil para Deus. Deve haver, é claro, um componente humano na mudança desse quadro. Quem abre essa porta para o Senhor é o homem. E o Senhor Jesus é paciente. Ele espera.

Amados irmãos, nós estamos passando por momentos difíceis, angustiosos.

Dá tristeza só em olhar o que se reflete nos nossos dias: homens e mulheres não dando lugar ao Espírito do Senhor, homens e mulheres que buscam uma alegria carnal, que não é a do Espírito Santo. A presença do Espírito Santo na vida do cristão deve brilhar, transparecer no meio da terra.

Buscai o Reino de Deus, as coisas do alto. Podemos notar que o Senhor fala de diversas formas em diferentes passagens. Ajuntai tesouros no céu.

O Senhor quer ver o Seu povo propagando a Sua Obra, mostrando-a não só em palavras, mas também no nosso corpo.

Precisamos estar voltados para o Senhor para que Ele possa operar em nossas vidas, a fim de que todos aqueles que buscam ao Senhor e fazem a Sua Obra cheguem ao pleno conhecimento da Sua vontade. O Senhor tem pressa nisto.

avatar

Bruno de Farias Fuly

Diretor Presidente do Jornal da Obra; Professor de Matemática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
“Firme está o meu coração, oh! Deus!”


Terra que mana leite e mel

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Este mundo vive na perversidade.

– Não é aqui neste mundo aterrorizante que os meus servos irão viver – pensou o Senhor.

A justiça é torcida. As leis são frouxas. Os homens caminham como seres errantes, sem a graça de Deus.

Mas, o Senhor fala: – “Não temais essas coisas, nem ao homem”.

É tempo de cada um se despertar e ver que nada acontece por acaso. Tudo o que Deus manda aqui para a terra recai sobre os justos e injustos.

Deus é o Deus de toda a terra.

Até o mar Ele movimenta com a sua voz!

A terra não consegue suportar a suprema santidade e autoridade de Deus.

Nada consegue conter a manifestação poderosa da glória de Deus quando o Seu trono se incendeia.

Em Sl 104:1-13, uma das temáticas do salmista Davi era retratar a grandeza de Deus.

O Senhor, sendo Justo, não viu nenhum justo na terra. O homem sempre ficou à margem da soberania de Deus. Porém Deus disse: “– Sê homem!”. No momento em que o Senhor fala vem chicote. Nota-se isso quando o Senhor Jesus, ao término de uma das suas pregações, vê muitos se distanciando dEle, e ouve até mesmo dos seus discípulos: “– Duro é este discurso!”

Por que o homem, sendo homem, consegue obedecer ao Senhor? Porque o exemplo foi deixado pelo Filho de Deus, que se fez homem e demonstrou ser possível agradar a Deus.

É fácil estar neste mundo, difícil é sair daqui.

Tudo foi criado por Deus. Sem Ele nada do que foi feito se fez.

Nem a terra na morte do Senhor Jesus O comportou.

Será que o homem está preparado para ver Deus? – O Todo Poderoso está bem perto de voltar!

Olhemos para o alto. Não adianta o homem querer fazer aqui na terra a sua morada permanente.

É preciso haver mudança de vida, de rumo, para que Deus complete a Sua Obra em nossas vidas, a fim de que um dia possamos ir conhecer as Suas moradas nos céus.

avatar

Bruno de Farias Fuly

Diretor Presidente do Jornal da Obra; Professor de Matemática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
“Firme está o meu coração, oh! Deus!”