Arquivos do Autor

Sim, sim. Não, não.

Postado por domingo, 25 dezembro, 2011

O meio termo nunca agradou ao Senhor. Ou serve ou não serve. Ou é quente ou frio. Só que o que temos visto são pessoas que creem descrendo, que amam odiando, que servem não servindo. Estão no nosso meio com a intenção de provocar divisão e nada mais.

Deus gosta de pessoas que são de palavra, que são firmes e decididas. Mas há quem vive a fazer política, a vã política na Obra de Deus. E sabemos, por experiência, que em política não há neutralidade, visto ser obrigatório estar filiado a um partido e defender os seus interesses. Porém, a partir do instante em que se começa a haver alianças com as oposições regras passam a ser quebradas e/ou desfeitas.

A Igreja de Cristo na terra não é uma nação ecumênica, e, por conseguinte, nós não somos ecumênicos também.

 

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Modelo de Conduta Cristã

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Em julho de 2011, participei do Congresso da Umimobrart.

Maravilhei-me, Senhor, pela multidão que estava a adorar-te.

Quero aqui falar um pouco da glória que vi lá;

Um evento que ressaltou que o tempo de Deus é já!

 

A beleza da tua santidade estava patente

Num povo que não é como as demais nações.

Ali não havia incrédulo, só crente;

Não se via divisão nos corações.

 

Todos no mesmo padrão…

Quanta alegria por servir-te de um só jeito!

Se alguém pensa que tudo isso é vão

Não quer mesmo ser perfeito.

 

A tua obra deve ser feita com zelo, dedicação e sentimento.

Isto é o que esse povo com o seu perfil está a apontar.

É preciso unir-se a essa grande família neste momento

Quem deseja a Deus e não ao homem agradar.

 

Chega de inovações e teorias humanistas!

Deus quer servos dispostos a ter virtude.

As suas sãs doutrinas são combatidas pelas ideias iluministas,

Que impedem o agir do Senhor em sua plenitude.

 

Estão por aí a brincar de ser cristão,

Preferindo os manjares babilônicos ao Senhor.

Mas aqueles que ao mundo dizem não

Anseiam verdadeiramente pela Pátria de esplendor.

 

Criança! Jovem! Homem! Mulher!

Se vocês têm um coração contrito

E se propõem a fazer o que Deus quer,

Estão convocados a externar o seu amor por Cristo.

 

Deus quer o seu coração, corpo, alma e entendimento

Comprometidos com o Seu empreendimento,

O Seu último sopro na terra, a Sua sublime Obra,

Que de todos nós santidade cobra.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Existe fé na terra?

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Na Palavra de Deus está a pergunta: Quando, porém, vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra? (Lc. 18.8b). Podemos já detectar nos nossos dias que a fé é um elemento do qual poucos têm feito uso nos seus pensamentos, nas suas atitudes.

O realismo exacerbado, a frieza e o desinteresse têm sido a âncora de muitos. Mesmo na Obra de Deus quase não há quem queira ver a Igreja do Senhor no seu esplendor, rica em santidade e no avivamento santo de Atos dos Apóstolos. Muito pelo contrário, o que tem predominado é uma letargia espiritual, um comodismo com a presença do mundo e dos seus apetrechos nos átrios do Altíssimo, de modo que o entusiasmo em servir a Cristo, segundo os moldes do Novo Testamento, encontra-se ausente.

É necessário que repensemos o estado da Igreja, das nossas Igrejas Locais, para que o que não provém de Deus nos incomode; para que queiramos fazer a diferença aonde quer que estejamos, sendo luzes, modelos, exemplos de cristãos verdadeiramente nascidos de novo, e totalmente autênticos no comprometimento com a causa do Evangelho. Só fazendo isto o Senhor irá se agradar de nós, menina dos olhos seus.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Vós sois a luz do mundo!

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

“Vós sois a luz do mundo.

Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte,

nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador,

e alumia a todos os que se encontram na casa.

Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens

para que vejam as vossas boas obras

e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.” (Mt. 5.14-16)

“– Você é um deles.”

“– Não, não sou. Não compreendo o que dizes.” (Lc. 22.58,60a)

Sabemos que há inúmeras evidências de crentes que não querem ser diferentes dos outros. Eles têm vergonha de serem identificados como seguidores do Senhor Jesus.

– Quantos não estão assim no nosso meio?

O Evangelho é para os corajosos, não para aqueles que se acovardam entregando os pontos, aliando-se aos inimigos de Deus e perseguindo de diversas maneiras os seus próprios companheiros.

Deus une o seu povo pela sua santa Lei. Quem O ama guarda os seus mandamentos e não se opõe àqueles que zelam pelo cumprimento de cada um deles. Logo, podemos entender que quando o servo de Deus é fiel a Ele e alguém, se dizendo irmão, o rejeita, na verdade, já havia rejeitado bem antes as sãs doutrinas, e, principalmente, ao Autor delas: “Quem faz a um dos meus pequeninos a mim o faz” (Mt. 25.40).

Deus não gosta de brincadeira, de meninice dentro do Evangelho. – Oba-oba? Já há de sobra nos povos pagãos e isso basta. Na Igreja, nação do Senhor, a história é diferente. Ele requer decisão e disposição para servi-LO.

– Ficar em cima do muro? Ser inconstante? Uma pessoa que se supõe convicta da Verdade não pode se dar a esse capricho.

É fato que os tempos mudaram. Mas é decepcionante ver que é raro encontrar pessoas enraizadas nos conceitos dos antigos, que teem plena satisfação em vivê-los, propagá-los. Tal não deveria ser na Igreja a realidade de alguns, antes de todos.

A modernidade não possui as diretrizes para a conduta do povo de Deus. Muitos estão por aí apregoando um Testamento que é tudo menos bíblico. O Evangelho do Senhor não precisa de sofisticação, ele foi, é e será simples. Porque é na simplicidade que Deus encontra espaço para trabalhar. É quando há sentimentos genuínos movendo as ações dos servos de Deus que acontece a consonância entre as experiências vividas pelos servos de Deus do passado e os dos nossos dias.

Falar, viver a cultura bíblica, refletindo a glória do Altíssimo com a prática de todos os usos e costumes que a compõem, é uma dádiva recebida, uma graça alcançada. É um dom divino. – Tens tu este dom?

Identifiquemo-nos, pois, pelas tradições neotestamentárias, que ainda hoje norteiam a vida daqueles que estão insatisfeitos com os sistemas deste século. Esteja bastante atento a esses vãos sistemas que visam solapar o avanço espiritual da Igreja na oração, no louvor, na Palavra, na consagração, na fidelidade, no uso dos dons…

Enfim, não seja qualquer crente. Seja um crente diante de Deus e o crente para esta geração. Faça a diferença. Não negue a Jesus. Pois pode ser que não ouça o galo cantar, e outra chance não tenha para fazer veredas direitas.

-Afinal, você é um deles?

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Raça Eleita

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Somos bem-aventurados, ó Senhor!

Porque andamos na tua lei

És amor, mas também fogo consumidor,

Por isso, conduzes no teu zelo a tua grei.

O que mais desejaríamos ter?

Estamos contigo, cumprimos o teu querer,

A melhor parte já escolhemos

Defendemos o Evangelho genuíno e a tua graça temos.

Altíssimo de Israel, Deus da Igreja!

Na alegria ou na tristeza louvado seja.

Não tememos o mal, pois conosco estás

Àqueles que te buscarem prosperarás.

Que os povos tremam diante do teu nome

No qual o poder das trevas é repreendido e some.

Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade

- O que ganhará o homem que preferir a iniquidade?

Exaltamos a ti, ó Deus, porque tu nos exaltastes,

Clamamos a ti, e tu nos sarastes.

Viveremos celebrando a memória da tua santidade

Que foi firmada para toda a eternidade.

Ainda que surjam teorias várias

Continuaremos a amar as doutrinas neotestamentárias.

Porque elas identificam o nosso povo

E fazem o antigo parecer novo.

Somos raça eleita, uma nação santa

Que impacta, incomoda e encanta!

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


A beleza do Evangelho acompanha os que creem

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

O que fazer para que o servir ao Senhor Jesus signifique regozijo, júbilo, alegria, encanto? – Preocupar-se em agradar ao Senhor com zelo; cultivar uma vida de fidelidade à sua Palavra; buscar a autoridade e a unção do Senhor para si; viver em oposição ao sistema do mundo, separando-se para Deus.

É fato que os homens nos dias atuais estão vivendo em desespero, segundo as ideologias humanas – que deturpam o querer de Cristo para o seu povo e extinguem o ânimo dos seus seguidores. São as vãs filosofias propagadas por aí que têm minado a certeza dos crentes na presença de Deus e feito com que fiquem alienados quando, na verdade, deveriam estar totalmente despertos, vigilantes quanto às más influências, que visam unicamente desviar o homem dos passos de Deus, matando-o espiritualmente.

Porém, em meio a toda esta confusão reinante na sociedade, Deus tem um projeto para a sua Igreja recuperar a sua identidade. Esse projeto corresponde a um retorno ao santo e reto caminho do Senhor a tal como ele era no modelo neotestamentário. E esse projeto é um escape para os fiéis na terra, é o diferencial para todo o trabalho dedicado a Deus – e que é mais uma prova de que Ele não nos deixa só. Deus sabia que haveria a mundanização da Igreja e o barateamento do Evangelho, que hoje lamentavelmente vemos, e nos deixou uma alternativa para quem tem compromisso com sua verdade: Restauração.

Portanto, defender e viver a causa do Evangelho com integridade requer do crente o reconhecimento de que a superficialidade e o destemor têm imperado em todos os lugares, e que a maneira de não se permitir contaminar por esse vírus é estando revestido da proteção divina, ou seja, vacinado contra qualquer força contrária aos desígnios de Deus. É preciso ainda compreender que uma vida produtiva e completa na Obra de Deus deve ser o ideal do cristão.

Todavia, esse ideal só é alcançado se houver uma valorização do que é importante para Deus, que é o que acontece quando se ama os seus Estatutos, quando há entusiasmo e garra para servi-LO, e quando o adorá-LO de acordo com os parâmetros bíblicos é tido como belo, como algo de que se tem orgulho, e não como algo de que se tem vergonha.

É desta forma e somente desta forma que podemos refletir o brilho do Espírito Santo em nossas vidas, porque a fé e a prática estarão sendo exercitadas conjuntamente, harmoniosamente, produzindo efeitos inestimáveis não só para o cristão em si, mas para a missão da Igreja no mundo.

Deixo, então, uma última pergunta:

– Que importância você tem dado à beleza do Evangelho na tua vida?

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


O que precisa ser mudado na Escola Bíblica para que ela seja de fato Bíblica?

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

    “Ponde-vos à margem no caminho e vede,

perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho;

andai por ele e achareis descanso para a vossa alma;

mas eles dizem: Não andaremos” (Jr. 6:16).

A forma de se estudar a Bíblia na Igreja sofreu transformações no decorrer dos anos. E, correspondendo às tendências de cada época, a Igreja adaptou o discurso dos seus ensinamentos às ideias que então vigoravam. Deste modo, os hodiernos Estudos Bíblicos ministrados na Escola Bíblica requerem a nossa atenção acerca dos seguintes aspectos: o que estamos ensinando; o que queremos que seja aprendido; que nível de linguagem deve referendar as abordagens dos estudos; a que categoria pretendemos elevar os nossos segmentos religiosos mediante as temáticas trabalhadas.

O perfil das lições – que é deveras importante para a absorção das ideias pelo público a que se destina: o cristão (neste caso) – deve considerar: a linguagem culta e bíblica (por esta entendemos: “reverente”, “zelosa”), e preferir o viés argumentativo bíblico ao secular ou a outras linhas de pensamento que diminuem e estagnam o intelecto do cristão ao invés de aumentá-lo.

Infelizmente, percebemos que a temática conservadora, de estilo sólido, baseado teologicamente nas Escrituras, em voga, por exemplo, na década de 60 e 70, foi substituída atualmente – por muitas Igrejas – por uma temática liberal, de estilo light, cujos argumentos são respaldados utilizando-se a Teologia, a Filosofia, a Psicologia e quase nada a Bíblia.

Como mudarmos esse quadro? Como não nos enquadrarmos no perfil negativo descrito acima? – Portando-nos como porta-vozes da Verdade, embasando-a totalmente nas Escrituras Sagradas, e não nos acomodando com as teorias de consistência limitada e com os métodos insignificantes deste mundo, os quais minam nocivamente a causa norteadora do Evangelho de Cristo.

Para tanto, porém, há um único caminho com uma condição: somente conseguiremos crescer em sabedoria se buscarmos enfocar – de todas as maneiras possíveis – os fundamentos que constituem as crenças indispensáveis aos defensores do Cristianismo Genuíno; e, esses tais são atualmente representados por aqueles que professam a restauração da Igreja ao modelo bíblico neotestamentário.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


O Verdadeiro Pacto

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Não trairei o sangue do Novo Testamento

Da minha pregação Cristo é o centro

Obedecê-LO é o meu intento

Falarei agora das sãs doutrinas sem o rudimento:

Quero lavar os pés do meu irmão

E oscular também a sua mão

Ver as irmãs cobrindo-se com o véu

Em sinal de poderio aos anjos lá do céu

Não quero pregar outro batismo

Senão aquele que é no rio, por imersão

Não quero compactuar com o feminismo

Nem com mulher no púlpito no lugar do varão

O divórcio não agrada a Deus

Mas só duas opções há para quem se separar:

Ou se reconciliar ou ficar sem casar,

Pois de maneira contrária procedem os ateus

As minhas vestes devem ser santificadas

Portanto, curtas não devem ser

E para que sejam decentes e imaculadas

O outro lado não se pode ver

Irei cear com o pão ázimo do Novo Testamento

Não é com pão de padaria nem de supermercado

E tomar o vinho feito da uva, sem álcool ou fermento

Nem tomar em quantidade para ficar embriagado

Em consagração todo o cristão deve estar

Para os dons do alto poder receber

E estando revestido da santa unção trabalhar

Para que outros neste Deus também possam crer.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Crise Matrimonial

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Igreja, Noiva minha,

que conquistei com muito labor

a qual dei todo o meu amor…

- Como estás?

Vejo os lugares por onde passas

e os vinhos das uvas que amassas…

Então paro.

Relembro o dia das nossas bodas

e percebo que das alianças que fizemos

não te lembras de todas.

Quebraste um pacto feito com sangue, bem sabemos.

As suas vestes, antes tão reluzentes,

agora estão manchadas de outros leitos.

Tu me traístes com seus atos imprudentes

e aqui estou eu a lamentar os seus feitos.

Todavia, a minha honra permanece comigo

mesmo que tenhas caído em vil torpeza.

Porque há outras donzelas que são como o trigo:

brancas, belas e exalam nos seus corpos pureza.

- Quando te reconciliarás com o teu esposo

e abominarás o erro que te consome?

Eis que cedo venho, Eu o Todo Poderoso,

o nome que está acima de todo o nome.

Quero Eu coroá-la neste Grande Dia.

Mas terás que voltar ao nível e ao prumo.

Agrada-te das minhas Leis e terás alegria

Eu garanto, Eu que dos Sacerdotes sou o Sumo.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


É difícil compreender a voz do Senhor?

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Estamos vivendo um período de grande tensão. É evidente como o homem procura controlar a ação de Deus na vida das pessoas. Mas, sabemos que Deus chama da maneira que quer, na hora e local que quer a quem quer para fazer a Sua Obra – o que pode impressionar a alguns que parecem não crer na multiforme sabedoria do Todo Poderoso. Ele faz ser quem não é, orienta e capacita qualquer um para ser um instrumento na difusão do Seu projeto glorioso na terra: “A Restauração da Sua Igreja nesse Tempo do Fim”.

É dever de todo aquele que se identifica como servo de Cristo transmitir, por todos os meios reconhecidamente cristãos, os ensinamentos de Deus às almas que ainda não tiveram acesso a eles. Todavia, o sentido da palavra Evangelizar é muito amplo na vida do crente. Quando nos atemos exclusivamente àquilo que o Senhor disse no Novo Testamento conseguimos demonstrar ousadia para falar das sãs doutrinas do nosso Deus, e divulgar com satisfação expressa na face, em qualquer lugar, a verdade genuína contida nas Escrituras Sagradas e nada fora dela; abrir novas Igrejas Locais e designar homens capacitados para o ministério pastoral nesses lugares.

Deus é tão simples e complexo ao mesmo tempo! Ele não precisa do homem para fazer a Sua Obra. No entanto, Ele quer contar conosco. E nós, como bons servos que somos, devemos consentir com o Seu método de ação original, puro, santo, simples, sem querer introduzir artificialismos, doutrinas modernas e estratégias de evangelismo como, por exemplo, blocos de carnaval, bailes, coreografias, que nada acrescentam ao crescimento espiritual do povo de Deus. Muito pelo contrário. Ao optar por tal procedimento, o servo de Deus terá na sua vida espiritual um comodismo e estará contribuindo, consequentemente, para o atraso do plano restaurador do Senhor e trazendo sérios prejuízos para a imagem da Igreja na sociedade. Devemos, portanto, estar atentos à forma que Deus age e quer agir em nosso meio para que não sejamos considerados pedra de tropeço, impedimento para o avanço progressivo da Obra do Senhor no mundo.

Enfim, quando o homem descobre que também tem influência direta e/ou indiretamente para o aumento do número de fiéis na Igreja do Senhor Jesus dispersa entre as nações, ele trabalha com afinco neste propósito e recebe a aprovação do Senhor. Porque todos vêem os frutos desse amor demonstrado não por palavras persuasivas, mas por ações que explicitam a sua fé naquEle que o restaurou e o solidificou para ter uma vida santa – mesmo estando inserido neste século tão marcado pelo culto ao pecado – cada vez mais modernizado – tão patente em nossos dias! Sim, os Últimos Dias – NOS TEMPOS DA RESTAURAÇÃO.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


Faça o que eu mando! Faça o que eu faço!

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Amigo, sem você não existo.

Tu absorves o meu ensino falso.

Sou para você o que queres que eu seja.

O meu amor é condicional.

Não me contento apenas com o seu olhar submisso.

Quero que com a sua boca fales dos meus programas

Para todos os seus colegas, amigos e parentes.

Quero que as suas mãos apalpem os meus produtos

E também que caminhes para sempre

Nos padrões mundanos, irreverentes, disformes e vis

Que lhe apresento 24h por dia.

Agora,

Sabendo que és meu discípulo

E segues à risca o que eu te ordeno

Sei que não vais deixar de atender o meu último desejo:

- Quero a tua alma!

- Tu me amas, não é verdade?

Então, sacrifiques por mim todos os escrúpulos que tens

Porque não preciso da tua dignidade perante os homens

Quero que sejas depravado e inconseqüente

Em todos os seus atos

Para que sigamos juntos em direção ao alvo maior:

O lago de fogo e enxofre,

Que foi preparado para nós, para o diabo e os seus anjos.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 


A conquista do pecado

Postado por domingo, 27 novembro, 2011

Oh!, deus!

Tu que tens o poder de me iludir até o fim

Oh! grande na terra entre os homens

Em especial os ateus

Se bem que já tens adoradores ditos evangélicos

Pois é, já conquistei vários amigos…

Fiz com eles um jogo de sedução irresistível

Disse-lhes que todos os seus programas são bons

E que, por isso, nos guiam com a melhor das intenções

Mas, cá para nós: quem não aderiu ainda a TV

Está por fora, não?

Digo ‘ainda’ porque, quem sabe,

Podem mudar de idéia?

Para mim é um retrógrado

Não acompanha a modernidade

Vive, portanto, como na Idade da Pedra

É ultrapassado.

Gente, temos que deixar nossos princípios de lado

E atentar unicamente

Para a imagem do deus deste século!

Estamos na “Nova Era”

Que tem como característica principal

A marca da besta naqueles que, sem hesitar,

Moldam artisticamente o pecado em seu viver.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+