Faça o que eu mando! Faça o que eu faço!

Por domingo, 27 novembro, 2011

Amigo, sem você não existo.

Tu absorves o meu ensino falso.

Sou para você o que queres que eu seja.

O meu amor é condicional.

Não me contento apenas com o seu olhar submisso.

Quero que com a sua boca fales dos meus programas

Para todos os seus colegas, amigos e parentes.

Quero que as suas mãos apalpem os meus produtos

E também que caminhes para sempre

Nos padrões mundanos, irreverentes, disformes e vis

Que lhe apresento 24h por dia.

Agora,

Sabendo que és meu discípulo

E segues à risca o que eu te ordeno

Sei que não vais deixar de atender o meu último desejo:

- Quero a tua alma!

- Tu me amas, não é verdade?

Então, sacrifiques por mim todos os escrúpulos que tens

Porque não preciso da tua dignidade perante os homens

Quero que sejas depravado e inconseqüente

Em todos os seus atos

Para que sigamos juntos em direção ao alvo maior:

O lago de fogo e enxofre,

Que foi preparado para nós, para o diabo e os seus anjos.

avatar

Noemi de Farias Fuly

“Ainda que o meu pensamento não tenha valor de mercado ou não seja bem recebido no tribunal da opinião pública o que não posso é não pensar, não pensar é impensável.” (Adaptado de R. C. Sproul)

Facebook Google+ 

Enviar para um amigo





Enviar para um amigo